Comportamentos

Caímos nos golpes da internet

Caímos em golpes da internet e quase ficamos ricos três vezes. Mas resolvemos nos divertir um pouco e responder algumas dessas mensagens. Como vocês podem imaginar, nenhuma das negociações chegou ao fim chateados. Mas entre o absurdo de algumas histórias e a tosqueira absoluta de outras, os golpes renderam boas risadas. Com um googlada, qualquer um descobre que Wendy é, sim, considerada atualmente uma das mulheres mais ricas da Africa do Sul. Poucos dias antes de receber o e-mail, um perfil Wendy Appelbaum adicionou Rodrigo na rede social profissional LinkedIn. Em seu perfil, Rodrigo mantém uma série de informações sobre projetos sociais com os quais trabalha. Coincidentemente, naquele final de semana eu tinha inserido algumas informações no LinkedIn sobre trabalhos sociais que faço. Dias antes de enviar um e-mail para Rodrigo, golpista adicionou seu perfil do LinkedIn foto: Rodrigo Afonso Até aí, a conta fechava.

Anúncio procuro marido 520357

Transforme sua curiosidade em conhecimento. Assine a Super e continue lendo

A maior parte dos spams tenta vender alguma coisa, como cursos, remédios ou aparelhos para aumentar o pênis. Mas também existe um outro tipo de spam: os golpes virtuais. Mas quanto os bandidos conseguem convencer as vítimas? Como o golpe funciona? Para descobrir, criei uma conta de e-mail usando um nome fictício — Henri W. Arthur, muito prazer — e, ao longo de 12 semanas, respondi a todos os golpes que chegavam à minha caixa postal.

1. Raya - o Tinder dos Famosos

Para além-mundo disso, a pansexualidade é viabilizada atravessadamente de discursos narrativos inter e intrapessoais. Sarah Esequiel Litoral Psicólogo. Em primo plaga, acolha sinceramente.

Comment

Leave a Reply